Essencialidade da Contabilidade é destacada na abertura da Convenção de Contabilidade do DF

Por Lorena Molter – Comunicação CFC
Os impactos da tecnologia na Contabilidade foi o tema da XIV Convenção de Contabilidade do Distrito Federal. O evento, uma realização do Conselho Regional de Contabilidade do Distrito Federal (CRCDF), aconteceu no dia 5 de outubro, no Centro Internacional de Convenções do Brasil, localizado em Brasília/DF. A abertura do encontro reuniu representantes do Conselho Federal de Contabilidade (CFC), do CRCDF e de outras entidades da classe contábil brasileira.

Na oportunidade, o presidente do CRCDF, Alberto Milhomem Barbosa, celebrou a grande procura pelo evento e o fato de as inscrições terem se esgotado rapidamente. O contador ainda explicou aos participantes como a proposta da iniciativa foi desenvolvida. “Esta Convenção tem um significado muito especial para todos que fazem parte do Conselho Regional de Contabilidade do Distrito Federal. Foi cuidadosamente planejada, buscando trazer temas para atender melhor as mudanças que estão ocorrendo em nossa profissão e a desenvolver estratégias para nos adaptarmos a elas”, esclareceu.

Já o vice-presidente de Desenvolvimento Profissional do CRCDF, Leonardo Soares Costa, informou ao público que o tema do evento foi escolhido em função da constante evolução do mundo contábil. O contador ainda afirmou que a iniciativa “é um momento de crescimento profissional e pessoal para nós”.

Representando o presidente do CFC, Aécio Dantas, no encontro, o conselheiro da autarquia, Adriano Marrocos, saudou os mais de 14 mil profissionais da contabilidade do DF. O contador ressaltou que a área constrói um legado há séculos, trabalha e progride com o país e, dessa forma, reafirma o compromisso da classe com a ética e o desenvolvimento sustentável, social e econômico do país. “Somos, hoje, mais de 530 mil profissionais ativos, presentes em todos os estados e municípios brasileiros, atuando em diversas frentes, seja no setor público, no setor privado ou no terceiro setor, contribuindo sobremaneira com a transparência das informações e cooperando com o desenvolvimento e a sustentabilidade das organizações”, destacou.

Outro ponto abordado por Marrocos foi a importância estratégica da Contabilidade para os clientes. “Nossa formação profissional nos permite contribuir, decisivamente, com a gestão organizacional, oportunizando melhor qualidade decisória e, por consequência, maximização de resultados”, frisou.

O presidente do Sindicato dos Contabilistas de Brasília (Sinconta-DF), Marcelo José Pereira, também enalteceu a classe e a sua relevância para o país. “Quando vemos essa plateia tão cheia, sentimos orgulho de pertencer a uma classe tão digna, tão laboriosa, tão potente para o desenvolvimento e a vida econômica do nosso país”, pontuou.

O vice-presidente de Controle Interno do CRCDF, José Luiz Marques Barreto, representou o contador-geral do DF, Hélvio Ferreira, na abertura da Convenção. Na ocasião, o profissional disse que Contabilidade é essencial para a implantação dos valores ESG na sociedade. “Percebam a relevância que a Contabilidade tem hoje, seja no setor público ou privado. Ela é fundamental para dar esse norte [nesse momento] que nós estamos vivendo hoje com a pauta ESG – environmental, social and Governance. Temos o meio ambiente, o social e o equilíbrio fiscal. Sem isso, nenhum governo sobrevive, sem isso nenhuma empresa do setor privado sobrevive”, refletiu.

Outro assunto abordado por Barreto foi a importância da comunicação assertiva na relação entre o contador e os clientes. “Quando emitimos os nossos relatórios, para nós, eles estão claros: ativo bate com passivo, balanço orçamentário – mas será que o leigo entende aquilo que está [apresentado] ali? A ideia hoje é, justamente, mudar modelo mental, mudar mindset, escrever não para nós, mas para o leitor da informação, de uma forma mais receptiva, clara e objetiva, de modo que você convença aquela pessoa de que a Contabilidade é a melhor coisa do mundo, para efeito de gestão, de tomada de decisão, de longevidade”, enfatizou. O vice-presidente falou que é necessário ter cuidado com a maneira como a informação chega para os clientes, a sociedade e os organismos internacionais.

“Um evento que representa o ápice do nosso compromisso com o aprimoramento contábil”, esta foi a afirmação da vice-presidente de Administração do CRCDF, Darlene Paulino Delfino Lunelli. A contadora ainda ressaltou o impacto das novas tecnologias na sociedade e na profissão contábil. “Vivemos em uma era de mudanças aceleradas em que a tecnologia desempenha um papel fundamental em todos os aspectos da nossa vida e a Contabilidade não é uma exceção. A Revolução Tecnológica tem transformado a maneira como trabalhamos, como nos comunicamos e, é claro, como conduzimos os nossos negócios contábeis. Essa transformação não apenas traz desafios, mas também inúmeras oportunidades”, concluiu.

A abertura do evento também contou com a presença do presidente do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas do Distrito Federal (Sescon-DF) e presidente da Instituto Sescon, Alexandre Nascimento Alves.